Imagem: iStudentNurse

11 coisas que devem ser lembradas durante a aspiração de vias aéreas

Divida com seus amigos o que você leu!

Lembretes durante a aspiração de vias aéreas

Então, você já leu dezenas de vezes sobre aspiração. Ouviu seu professor discutir sobre isso durante as aulas teóricas e práticas, mas você realmente lembraria de todo esse aprendizado quando tivesse que realizar o procedimento pela primeira vez (com toda a ansiedade e nervosismo)?

Listamos abaixo algumas das coisas que você deve ter em mente quando realizar uma aspiração, quer seja pela primeira ou enésima vez.

  • Mantenha todo o equipamento necessário à mão: aspirador (ou rede de vácuo), cateter de aspiração, frasco para aspiração, solução para irrigação (se necessário e/ou indicado). É claro que você não vai querer perceber que não trouxe a solução para irrigação depois de estar paramentado e quando o procedimento é urgentemente necessário.
  • Lave as mãos antes e depois do procedimento. Como sempre, use técnica asséptica. Também não esqueça dos EPIs (equipamentos de proteção individual), como luvas, máscara e óculos.
  • Você pode repetir esse procedimento. Tenha em mente que a aspiração não é um procedimento que só pode ser realizado uma única vez. Você pode repetir a aspiração sempre que necessário, deixando que o paciente ventile um pouco antes de começar uma nova etapa.
  • O paciente deve estar com o decúbito elevado durante a aspiração.
  • A tosse é normal. Não entre em pânico e chame o médico e o resto da equipe de saúde quando o paciente tossir durante a aspiração. Quando o cateter entra nas vias aéreas, o paciente tosse e você pode sentir uma certa resistência em algum momento.
  • Hiperoxigene o paciente antes e depois da aspiração. Caso o paciente esteja consciente, peça-o que respire profundamente, várias vezes, antes de aspirar.
  • Verifique a frequência cardíaca e a saturação de oxigênio (SpO2) antes, durante e depois do procedimento. Se o paciente estiver taquicárdico ou bradicárdico, descontinue o procedimento até que a frequência volte ao normal. Da mesma maneira, se o paciente estiver dessaturando gravemente, interrompa a aspiração, ventile o paciente e espere que os valores da SpO2 voltem ao normal.
  • Você pode lubrificar a ponta do cateter de aspiração quando realizar aspiração nasal em pacientes conscientes.
  • Quando estiver removendo o cateter, aplique sucção intermitente e retire o cateter realizando movimentos circulares suaves. A sucção não deve ser aplicada por mais que 15 segundos.
  • Após finalizar o procedimento, jogue o cateter no lixo contaminante. Não deixe o cateter pendurado em algum lugar na unidade do paciente, ainda que “protegido”. A única exceção é o cateter do sistema fechado de aspiração (free trachea, spiratech, trach-care), que pode ser mantido por 24-72 horas.
  • Realize ausculta pulmonar. Se algum ruído adventício relacionado à secreção ainda for ouvido, repita a aspiração.

Todo profissional de enfermagem, não importa o quão experiente e habilidoso seja, sempre tem a sua primeira vez. É normal se sentir nervoso ou em pânico durante a primeira vez que realiza um procedimento, talvez você até esqueça alguns conceitos aprendidos. O que é imperativo é que você lembre dos pontos principais quando realizar uma aspiração. Dessa maneira você não somente saberá o que fazer, como também salvará o paciente de danos potenciais.


Fonte (conteúdo traduzido e adaptado): Nursing Crib.

Leitura adicional:

%d blogueiros gostam disto: