Exame de urina pode ajudar no diagnóstico de câncer de próstata, afirma estudo

20140330-174203.jpg

Segundo uma nova pesquisa, um teste de urina pode ser melhor para identificar o risco de um homem de desenvolver câncer de próstata do que os métodos existentes.

A maioria das biópsias de próstata é feita se um teste para um antígeno prostático específico (PSA, na sigla em inglês) demonstra níveis elevados. Mas o teste de PSA tem suas deficiências – pode aparecer como elevado quando o câncer não está presente, e não mostra benefício claro em termos de ajudar os homens a viverem mais tempo.

O novo teste de urina procura por uma alteração genética que ocorre em alguns tipos de câncer de próstata, e seus resultados poderiam ser usados para separar os homens em grupos de alto, médio e baixo risco.

Segundo os pesquisadores, o exame de urina poderia ser feito depois que um homem descobrir que tem níveis elevados de PSA, para orientar a decisão sobre se uma biópsia deve ser feita ou não.

O teste é baseado em um estudo de 2005 feito pelos mesmos pesquisadores, que identificou uma alteração genética presente em 50% dos cânceres de próstata identificados por teste de PSA.

Essa alteração – a fusão de dois genes chamados TMPRSS2 e ERG – faz com que as células produzam uma determinada proteína, e o novo estudo mostra que o material genético envolvido na produção dessa proteína pode ser detectado na urina.

Ao combinar o novo teste de urina com um teste para um antígeno prostático específico, os pesquisadores puderam dizer se um homem tinha câncer de próstata melhor do que poderiam fazer apenas com o teste de PSA.

Mais de 1.000 homens participaram do estudo. Com base nos resultados, os pesquisadores conseguiram separá-los em grupos de risco. Biópsias subsequentes resultaram em um diagnóstico de câncer em 21% dos casos de baixo risco, 43% de risco médio e 69% de risco alto.

O estudo, no entanto, foi limitado. 85% dos participantes eram caucasianos, então pesquisas adicionais são necessárias para determinar se as descobertas se estendem a todas as etnias. Também, como todos os homens no estudo já tinham feito o teste de PSA, outra pesquisa terá de analisar a utilidade do teste de urina em homens que não tenham sido submetidos a testes de PSA.

Fonte: [LiveScience]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s